Meu filho não consegue aprender. Como a fonoaudiologia pode ajudar?

Meu filho não consegue aprender. Como a fonoaudiologia pode ajudar?

Meu filho não consegue aprender. Como o fonoaudiólogo pode ajudar?

Você tem ideia do que fazer quando o seu filho não consegue aprender as lições dadas em sala de aula?

Toda mãe atenciosa tem o cuidado de acompanhar o desempenho de seus filhos na escola, e o sonho de todos é que a criança tire boas notas e que aprenda com facilidade.

Mas você já deve ter observado que quando o filho não consegue aprender, a mãe fica até com medo de chegar à reunião de pais, cada cartinha da professora gera uma angústia na mãe.

O problema é que muitas vezes a culpa desse desempenho abaixo do ideal não é da criança, e é sobre isso que vamos falar nas próximas linhas deste artigo.

Entenda o que são dificuldades de aprendizagem e como a fonoaudiologia pode ajudar seu filho a aprender melhor!

O que são dificuldades de aprendizagem?       

                                                    

Podemos descrever dificuldade de aprendizagem como um problema de compreensão, que afeta de alguma forma a capacidade de aprendizado de uma pessoa.

Geralmente essa dificuldade pode ser percebida em idade escolar, estando relacionada à leitura, escrita, cálculos matemáticos, e outras habilidades cognitivas do aprendizado.

Se o desempenho escolar de uma criança não é compatível com as demais da sua idade é necessário começar uma avaliação. Ou seja, se o seu filho não consegue aprender a ler, a escrever, não absorve as informações, esquece muito rápido o que aprendeu, ou está muito atrasado em relação à sua turma é obrigação da escola e dos pais começar uma investigação.

É importante entender que uma criança com dificuldade em aprender não é menos inteligente que as outras, apenas o método de aprendizagem deve ser adaptado para ela, por isso é importante identificar o quanto antes o problema para solucioná-lo e preservar o desenvolvimento dessa criança.

A Aprendizagem é uma área que possui muitas variáveis, uma criança pode ter dificuldade por diversos motivos. Por isso quando uma mãe chega ao consultório dizendo “Meu Filho não consegue aprender”, nós trabalhamos em equipe multidisciplinar para avaliar o funcionamento de todos os mecanismos necessários para o processo de aprendizagem, e só depois de detectar que não há falhas nesse processo é que começamos a avaliar os aspectos biológicos da criança.

Sendo assim, podemos concluir que a dificuldade de aprendizagem é um sintoma que pode ser decorrente de uma Dificuldade Escolar ou um Distúrbio de aprendizagem.

Vamos entender melhor a diferença entre essas duas vertentes.

 

Dificuldade Escolar e Distúrbio de Aprendizagem.

 

Como já dissemos, a dificuldade de aprendizagem pode decorrer de uma Dificuldade Escolar ou um Distúrbio de aprendizagem.

Dificuldade Escolar: Quando a dificuldade é decorrente do próprio método de ensino, e pode ser solucionado na própria sala de aula. A maioria dos casos em que o filho não consegue aprender está relacionada ao próprio método pedagógico. Às vezes uma criança não está adaptada a determinado método de ensino, não se adaptou ao professor, mudou muitas vezes de escola, e por aí vai.

Este quadro parece simples de ser resolvido, mas a verdade é que muitas crianças acabam sendo diagnosticadas com algum distúrbio, quando na verdade só precisavam de uma mudança no método de ensino. Uma vez que o método foi alterado e a criança continua apresentando dificuldade de aprendizagem, começamos a avaliação de possíveis distúrbios.

Distúrbio de aprendizagem: Já o distúrbio de aprendizagem tem origem neurológica, mas não se trata de uma deficiência intelectual, a criança é inteligente, mas por motivos biológicos ou genéticos as áreas do cérebro que processam determinadas informações precisam de estímulos diferenciados das demais crianças. Neste caso o acompanhamento de um bom fonoaudiólogo, assim como toda a equipe multidisciplinar e principalmente a família, será de extrema importância para garantir o desenvolvimento dessa criança.  Os principais Distúrbios de aprendizagem são:

 

Dislexia

Um transtorno de aprendizagem que afeta a leitura e as habilidades de processamento baseadas em linguagens relacionadas. A dislexia pode afetar a fluência, decodificação e compreensão da leitura, a recordação, a escrita, a ortografia e, às vezes, a fala. A gravidade pode ser diferente para cada indivíduo, e existir junto com outros transtornos relacionados.

 

Disgrafia     

 

A disgrafia é um transtorno de aprendizagem que afeta a capacidade de caligrafia e as habilidades motoras de uma pessoa. Os problemas podem incluir caligrafia ilegível, espaçamento inconsistente, planejamento espacial deficiente no papel, ortografia insatisfatória e dificuldade para escrever, bem como pensar e escrever ao mesmo tempo.

 

Disortografia

 

Atenção! Disortografia não é a mesma coisa que disgrafia. Disortografia é uma dificuldade que a criança tem em produzir textos, quando as letras e palavras não são escritas corretamente. Ou seja, enquanto a disgrafia tem relação com as funções motoras e os desenhos das letras, a disortografia tem relação com a dificuldade de compreensão das regras ortográficas, o que faz a criança escrever errado.

 

Discalculia

 

Distúrbio que afeta as habilidades matemáticas da criança, relacionadas aos números, quantidades, tamanho, forma, sequência etc. Portadores de discalculia  também podem ter pouca compreensão de símbolos matemáticos, podem ter dificuldade em memorizar e organizar números e dificuldade em com a contagem.

 

O papel do fonoaudiólogo

Para o desenvolvimento completo de uma criança com distúrbio é necessário uma equipe de profissionais da área da saúde. Geralmente a própria equipe pedagógica da escola encaminha a criança para o psicólogo, neurologista, psicopedagogo e a fonoaudiologia.

A Fonoaudiologia ajuda nos processos de leitura, escrita, caligrafia, ortografia e outras habilidades cognitivas relacionadas à linguagem que podem ser estimuladas através de exercícios e técnicas fonoaudiológicas, lembrando que para cada criança será designado um plano de ação diferente.

Meu filho não consegue aprender? Consegue, sim! 

 

Neste artigo vimos que dificuldades de aprendizagem são sintomas que decorrem de Dificuldades Pedagógicas ou Distúrbios de Aprendizagem.

É sempre muito importante que se verifique com atenção as causas de cada dificuldade.

Se seu filho não consegue aprender, entenda que ele não é menos inteligente, e também não tem nenhuma deficiência intelectual, ele só precisa de um método de aprendizagem específico. Nunca use nomes pejorativos para intitular a criança que não tem um bom desempenho na escola, pois o problema pode não estar nela.

É importante pontuar que nos referimos a crianças porque torcemos que os pais de hoje em dia sejam consciente e procurem ajuda para os seus filhos o quanto antes, mas existem jovens e adultos que possuem distúrbios e que nunca foram diagnosticados, para estes eu diria que ainda dá tempo de procurar ajuda e melhorar a qualidade de vida!

Se você precisa de um fonoaudiólogo para avaliar por que Seu filho não consegue aprender, entre em contato conosco pelo Whatsapp 11 99460-8548 e marque uma avaliação, ficaremos felizes em ajuda-lo!

Deixe também o seu comentário e compartilhe nas redes sociais para ajudar pais e mães que podem estar precisando destas informações.

 

 

Qual a sua opinião