Meu filho tem 3 anos e fala enrolado, o que pode ser?

Meu filho tem 3 anos e fala enrolado, o que pode ser?

Meu filho tem 3 anos e fala enrolado, o que pode ser?

O que fazer se seu filho tem 3 anos e fala enrolado? Essa é uma pergunta frequente aqui no consultório.

Muitas crianças com até 3 anos ou mais parecem não se comunicar como deveriam. Falam errado, embolado, omitem sons ou possuem uma pronúncia ininteligível das palavras.

Os pais até tentam corrigi-los mas parece que não resulta em nada: Fala direito menino! – Essa frase te parece familiar?

O fato é que se fosse preguiça da criança – como muitos acreditam – ela já teria apresentado alguma melhora, não é mesmo?

Nessas circunstâncias é normal se perguntar: O que pode ser? Devo me preocupar? É sobre isso que vamos falar no artigo de hoje. O que pode estar acontecendo se seu filho tem 3 anos ou mais e ainda fala muito enrolado?

Como a fala se desenvolve?

Para você entender bem as causas de uma criança de 3 anos estar falando enrolado é importante compreender como a fala se desenvolve. As crianças começam a desenvolver a linguagem muito cedo.

De 0 a 3 meses já existe alguma comunicação com o mundo , adivinha como? Pelo choro, claro.

Você já deve ter ouvido alguém dizendo- as mães entendem até o chorinho dos seus bebês- essa é a primeira forma de expressão das crianças.

A partir disso a cada mês você vai perceber a diferença nas forma como eles se comunicam, tudo isso faz parte da linguagem e é um excelente estímulo para a fala.

Após os 4 meses o bebê começa a emitir sons guturais como “Grr” ou “Err”… E a partir dos 6 começam os primeiros balbucios.

Até 1 ano seu bebê aprende  os balbucios nasais, “m” e “n”, já fala as primeiras palavrinhas (como “mamã”, “papa”e “água”) e identifica pessoas e objetos pelo nome.

Por volta dos 2 anos ela já fala cerca de 200 palavras e forma frases simples, ex: “quero água”.

Se você chegou até aqui provavelmente o seu bebê já passou por esta fase, 

Você pode ler mais sobre o desenvolvimento da fala do seu bebê nesse artigo que eu escrevi sobre o tema:  Desenvolvimento da fala da criança: Entenda cada Etapa! Então vamos direto para o que interessa. Por que estou falando isso?

Com 3 anos as crianças já devem estar formando frases completas e possuir um vocabulário de mais de 300 palavras. Além disso já é possível entender basicamente tudo o que ela diz. Isso responde parte da pergunta devo me preocupar?

Meu filho tem 3 anos e ainda fala enrolado

Se houver alguma dificuldade na fala do seu filho quanto antes você identificar melhor, infelizmente nem sempre é fácil perceber se o que está acontecendo realmente precisa de mais atenção.

 Quando as crianças ainda são muito pequenas realmente não é fácil detectar se há algo errado no desenvolvimento da fala mas se o seu filho tem 3 anos e ainda está falando enrolado o ideal é procurar ajuda de um profissional para uma avaliação.

O maior engano que muitos pais cometem é achar que “com o tempo a criança irá aprender”. Isso é verdade quando se trata de pessoas com um desenvolvimento típico. 

Porém, se a criança demonstra sinais de que pode estar precisando de estímulos o tempo não será suficiente.Nestes casos quanto mais cedo começarmos uma intervenção melhor será para o pequeno.

A boa notícia é que esta ainda é uma idade excelente para começar um tratamento se for necessário.

Possíveis causas.

Você já viu como a fala se desenvolve, você acha que seu bebê acompanhou todas estas etapas dentro do tempo esperado? Se o seu filho tem 3 anos e ainda fala enrolado pense um pouco sobre como foi o desenvolvimento da criança até aqui…

Se você percebe que ele parece estar com o desenvolvimento um pouquinho (ou muito) ‘atrasado’ com certeza o melhor caminho é procurar um especialista.

Não tem como dar um diagnóstico sem conhecer cada caso individualmente, porém, podemos falar de pelo menos duas situações que podem estar acontecendo com seu pequeno:

Apraxia da fala e transtorno do desenvolvimento de linguagem, vamos entender a diferença entre as duas?

Apraxia da fala

Apraxia da fala infantil é uma desordem no que diz respeito aos movimentos necessários para a fala. (E quando eu digo desordem é desordem mesmo!).

É como se os neurotransmissores que indicam para os lábios ou a língua para onde ir enviassem uma informação completamente desorganizada, prejudicando a pronúncia das palavras. 

A criança com apraxia compreende tudo o que está sendo falado e sabe exatamente o que dizer, apenas não consegue movimentar o aparelho da fala da maneira correta.

Com isso as palavrinhas vem mais tarde, podem ter dificuldade em aprender novos vocabulários e pronunciar alguns fonemas, além, é claro, de falar enrolado.

Muitas crianças sofrem com este distúrbio motor de origem neurológica mas no Brasil este assunto ainda é uma novidade conhecida por poucos profissionais.

Por isso pode ser comum algumas pessoas acharem que com o tempo passa ou que a criança só está com preguiça.

Se você acha que este pode ser o caso do seu filho leia o artigo completo em que dou mais detalhes sobre esse tema: Seu filho tem dificuldades para falar? Entenda O que é Apraxia da Fala Infantil.

A Apraxia da fala pode acontecer com qualquer criança, porém, pode também estar ligada a outras condições, como síndromes genéticas e o autismo.

O tratamento é baseado em estímulos que ajudarão a criança a desenvolver melhor a fala, no entanto a tendência é que o processo aconteça em uma velocidade diferente das outras crianças.

Transtorno do desenvolvimento da linguagem.

O diagnóstico do transtorno da linguagem, assim como da apraxia, pode ser difícil. Isso porque este distúrbio é constatado quando percebe-se que a criança possui dificuldade, de forma persistente, em adquirir ou desenvolver a fala e a linguagem sem um motivo aparente.

No TDL a criança apresenta atrasos significativos no desenvolvimento da linguagem sem que hajam síndromes, danos no cérebro ou perda auditiva associadas. 

Veja mais sinais de TDL:

  • Pode falar errado e enrolado;
  • A criança demora mais que o normal para começar a falar;
  • Sabe algumas palavras mas tem dificuldade em formar frases;
  • Tem dificuldades na leitura e escrita;
  • Troca a ordem das palavras nas frases;
  • Hesita em responder, como se não tivesse entendido;
  • Tem dificuldade de compreensão;
  • Dificuldade em conjugar verbos.

Pessoas que possuem essa dificuldade precisam de estímulos específicos e por isso é importante identificar a condição o mais rápido possível para que o método de ensino seja adaptado e a criança receba o acompanhamento de um profissional.

Procure um especialista!

No artigo de hoje nós respondemos a pergunta de pais e mães que têm filhos de 3 anos que ainda falam enrolado, errado ou que tem um vocabulário menor do que deveria. Como saber se tem algo fora do normal?

Simples, basta observar como está o desenvolvimento da fala da criança. Por mais que cada um tenha seu tempo existe alguma evolução prevista para cada idade.

Se o indivíduo não está acompanhando o recomendado é que se procure ajuda profissional.

Nós vimos também que existem algumas possibilidades mais comuns: Apraxia da fala e Transtorno do desenvolvimento da linguagem.

A diferença entre os dois distúrbios é que o primeiro tem origem neurológica mas a criança compreende tudo o que dizem para ela.

Por outro lado, crianças que tem TDL podem enfrentar dificuldades de compreensão de algumas palavras e frase, isso porque neste caso estamos falando de um atraso no desenvolvimento da linguagem e não apenas da fala.

Como os diagnósticos da apraxia e Transtorno do desenvolvimento podem ser difíceis é importante, afinal o objetivo é chegar ao diagnóstico o quanto antes

Você gostou deste conteúdo, está passando por alguma situação semelhante com seu filho ou ficou com alguma dúvida?

Deixe seu comentário para que possamos continuar falando sobre este assunto e caso queira conhecer melhor o nosso trabalho entre em contato pelo Whatsapp 11 99460-8548.

Qual a sua opinião